terça-feira, 10 de agosto de 2010

Reflexo.




Exagerada toda a vida...
Minhas paixões são ardentes. Minhas dores de cotovelo, de querer morrer. Louca do tipo desvairada. Briguenta de tô de mal pra sempre. Durmo treze horas seguidas. Meus amigos são semi-irmãos, meus amores são sempre eternos e meus dramas, mexicanos!



Garotas Lunáticas ...
São elas, as garotas aventureiras, poetisas, guerreiras, lunáticas! Passam despercebidas por a maioria das pessoas, porque elas não enxergarem o charme de uma pessoa com inteligência. Gostam de ler, escrever e amam a natureza! Não sem importam com o que os outros falam, não gostam desse sistema de gente que mata por dinheiro, gostam de conteúdo e não de marcas caras e coisas fúteis, viajam longe sem sair de onde estão. Possuem um próprio mundo surreal cheio de amor e doçuras onde elas cantam, pintam, escrevem, amam e encantam. Querem viver de paz, música e amor.
Lunáticas têm um jeito diferente das outras garotas tanto no modo de pensar quanto de agir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário